terça-feira, 13 de novembro de 2012

Férias na Jamaica – 3º dia – Continuação


Continua de:
Férias na Jamaica – 1º dia
Férias na Jamaica – 2º dia
Férias na Jamaica – 3º dia

Esse relato é final do nosso terceiro dia

A Julia foi até o banheiro, acendeu a luz e deixou a porta meio aberta para que entrasse um pouco de claridade, quando ela deixou a porta nessa posição o Garreth apagou a luz do quarto e a Julia, com uma só passada de mão, tirou todas as roupas que estavam em cima da cama as jogando no chão e deitou-se nela com os braços esticados a cima da cabeça, deixando à mostra aquela bucetinha linda e raspadinha.


Eu e minha esposa nos sentamos na cama enquanto o Garreth se ajoelhava no chão e começava a beijar-lhe as coxas, eu desatava o único lacinho que restava no baby doll da minha esposa e a beijava ao mesmo tempo, tirei o baby doll e deixei ela só com a calcinha fio dental com rendinhas na frente, que deixavam ver a bucetinha dela com aquele pequeno bigodinho de pelinhos, levantei da cama e a levantei junto, ficamos em pé nos beijando enquanto eu apertava sua bundinha gostosa e puxava a calcinha pro lado e enfiava os dedos na sua bucetinha e no seu cuzinho ao mesmo tempo. A Julia tirou a camiseta dos Lakers e ficou nuazinha deitada na cama apertando os próprios seios enquanto o Garreth chupava sua buceta e ajudava a apertar aqueles peitões. Minha esposa tirou a calcinha ficando totalmente nua também.

O Garreth começou a tirar a roupa, enquanto minha putinha tirava minha camisa e me beijava os mamilos, ela sabia que eu gostava e enquanto me beijava tirou minha bermuda e minha boxer, me jogou na cama e começou a chupar meu cacete, eu subi um pouco na cama, me virei pro lado e comecei a chupar um dos peitos da Julia, enquanto eu subia, minha esposa subia junto e colocou a bunda pertinho do Garreth, ele começou a apertar a bunda dela e percebi que ele começou a enfiar os dedos na bucetinha dela. A Julia abriu a gaveta, tirou uma camisinha e deu pro Garreth, ele parou de enfiar os dedos da minha mulher, vestiu a camisinha enquanto a Julia dobrava os joelhos e abria as pernas.

Ele se ajoelhou na frente dela e começou a fuder ela com vontade e voltou a enfiar os dedos na bucetinha da minha esposa, ela começou a rebolar e parou de me chupar pra curtir melhor, eu me virei e comecei a chupar os peitos da Julia com mais vontade e comecei a beijar-lhe na boca, enquanto isso o Garreth começou a gozar na Julia, eu me deitei de barriga cima e minha esposa sentou no meu pau e começou a mexer, pra frente e pra trás e a apertar os mamilos, cada vez ela mexia mais rápido, exatamente como sempre fez para gozar gostoso, eu já esperava o fenômeno. Mexia, cada vez mais rápido… jogava a cabeça pra trás e de repente… como uma convulsão… jogava o corpo pra frente e desabava no meu peito… dito e feito.

Aproveitei que o Garreth tinha ido ao banheiro tirar a camisinha, rolei para o lado e me deitei por cima da Julia e enfiei meu pau naquela boquinha linda, ela segurou meu pau com uma das mãos e começou a se masturbar com a outra, estiquei minha mão, peguei uma camisinha, tirei o pau da boca da Julia, vesti a camisinha, fiquei de pé, virei a Julia de costas, ela ficou de quatro e comecei a fuder com vontade a buceta dela, nisso o Garreth já estava beijando as costas da minha putinha que continuava deitada de bruços. Ele beijava as costas, a bunda, as coxas. Ela abriu as pernas e ele começou a lamber o cuzinho e a bucetinha.

Dava pra ver que ele enfiou dois dedos na buceta dela e começou a mexer. Ela levantou o quadril para facilitar os movimentos dele, nisso a Julia começou a miar e a gritar baixinho, abri a bundinha dela e tentei enfiar um dedo no cuzinho dela, ela puxou minha mão e não deixou, tirei o pau da buceta dela e forcei a entrada no cuzinho, ela se mexeu e não deixou, voltei a enfiar na buceta dela de uma só vez e ela voltou a miar e a gritar baixinho a cada bombada, nisso o Garreth para de beijar minha mulher, vai até a cômoda, coloca outra camisinha e volta a beijar a bundinha dela e a enfiar os dedos, hora no cuzinho hora bucetinha, ela levanta o quadril e ele enfia a rola na buceta dela, ela também fica de quatro e ele começou a meter com mais força, enquanto ele metia na minha mulher eu metia na mulher dele, a Julia miava e gemia e minha putinha arrancava o lençol da cama e puxava o colchão.

Ele começou a meter um dedo no cuzinho ela enquanto enfiava e tirava a rola da buceta dela, a Julia começou a gritar mais alto e começou um movimento de vai-e-vem e a tremer até que desabou de vez na cama. O Garreth tirou o pau da buceta da minha mulher e começou a forçar a entrada no cuzinho dela, ela mordeu o travesseiro e ele enfiou de uma vez, eu tirei o pau da buceta da Julia, tirei a camisinha, dei a volta na cama e me deitei por baixo da minha mulher, passei as pernas pelo meio das pernas dela e Garreth abriu as pernas para ajudar enquanto eu enfiava meu pau na buceta dela.

Ela tinha agora dois paus dentro dela ao mesmo tempo, eu não conseguia me mexer direito, mas sentia as bombadas do pau do Garreth dentro do rabinho dela, gozei na hora enchendo aquela bucetinha de porra enquanto ele metia com mais força e com mais vontade e ela gritava, até que ele a segurou firme pelo quadril… meteu… e ficou parado… gozando no cuzinho dela.

Ela caiu em cima de mim e ele tirou o pau do cu dela e foi pro banheiro novamente pra tirar a camisinha cheia de porra e voltou pra cama. Ficamos deitados, os quatro juntos, por algum tempo, eu estava quase dormindo quando minha esposa me chamou para irmos pro nosso quarto. Eu me vesti e ela colocou somente a parte de cima do baby-doll, a calcinha foi enroladinha na mão, voltamos pro quarto assim, eu vestido e ela praticamente nua, tomamos um banho bem relaxante e fomos dormir para enfrentar um outro dia divertido.

Continua...Aqui.

via contoerotico.com.br

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...