segunda-feira, 3 de julho de 2017

Forcei minha mulher entrar na suruba

O fato que vou narrar aqui não me dá nenhum orgulho, pelo contrario, foi um desejo incontrolável que por pouco não destruiu meu casamento, minha família e minha vida. Vou me apresentar com o nome fictício de Marcos, tenho 45 anos e minha esposa Ana tem 40 anos uma linda mulher, de rosto angelical, seios grandes e firmes e uma linda bunda redonda, somos casados a 22 anos e tínhamos um casamento digamos que com padrão normal.

Uns dois anos atrás fui contratado para trabalhar numa multinacional que estava abrindo uma unidade na região metropolitana do Recife, e durante o período de implantação estaríamos tendo apoio da unidade de São Paulo que é a matriz aqui no Brasil, de lá veio o meu supervisor que passaria uns seis meses morando aqui para nos assessorar melhor, um norte americano de olhos azuis, 50 anos chamado Mike que já mora no Brasil a mais de 25 anos, um cara gente boa e logo de inicio fizemos amizades, almoçávamos sempre juntos, saíamos após os expediente para beber umas cervejas e aos poucos fui conhecendo melhor sua vida, casado a 15 anos com Sabrine uma paranaense de 35 anos de descendência alemã, e pela foto dela que ele me mostrou vi que era uma linda mulher, nossa amizade seguia normal.

Emprestando até a mulher pro patrão.

Estava com meus 25 anos quando meu pai me arrumou um emprego de motorista de um grande empresário, proprietário da maior firma da nossa pequena cidade. Dr. Acácio já passava dos 50 anos, mas era um coroa bonitão e bem conservado.

Sabia que muitos tinham inveja de mim por dois motivos: Eu me casei com uma das meninas mais bonitas da cidade e tinha um relacionamento muito íntimo com o Dr. Acácio que fazia questão de que eu não o chamasse de Dr. Minha esposa Michele estava com 24 anos: morena, inteligente, magra de bundinha arrebitada e seios médios. De tanto estarmos juntos, Dr. Acácio foi adquirindo uma confiança tão grande em mim que passou a me contar coisas sobre sua vida particular. Eu sabia que ele andava com o casamento estremecido, sua esposa Marta já praticamente não mais ligava pra sexo e vivia só fazendo viagens pra outros países sem nenhum motivo aparente...

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Tornei-me PUTA sem perceber II

continua de: Parte 01

Na seqüência destas minhas memórias, recordando quando fui passar uns dias no sitio dos meus pais, eu tinha 21 para 22 anos, namorava o homem que hoje é meu marido e era praticamente virgem, pois nunca havia dado o cu, entre outras fantasias, tinha muita vontade de ser enrabada, mas o pau do meu namorado era grosso e me deixava com medo de dar o meu cu para ele, sem contar que sexo anal era tabu na época. 

Nestes três dias em companhia da minha prima já tinha experimentado mais sexo e realizadas mais fantasias do que em todos meus 21 anos de vida e o principal ainda estava por vir, pois minha prima se mostrava uma grande cafetina determinada a me prostituir, e eu estava começando a gostar e me excitar com a idéia.

domingo, 25 de junho de 2017

Minha esposa grávida do meu amigo

Eramos casados há cinco anos já, e apesar de ter tentado, Mary não conseguia engravidar. Mary tinha seus 25 anos, cabelos longos e lisos, um rosto muito lindo e corpo que chamava atenção na rua por onde passava.

O sexo era muito bom nessa época, transávamos varias vezes por semana, mas nada de Mary engravidar, e isso começou a desgastar nosso relacionamento, pois era seu maior sonho.
Após conversas e mais conversas fomos ao médico , exames e mais exames, e descobrimos que eu não podia ter filhos.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Tornei-me uma PUTA sem perceber I

Olá amigos, recentemente confidenciei a uma pessoa amiga, uma passagem real da minha vida, onde há alguns anos atrás fui aliciada e envolvida num relacionamento incestuoso que além de ter-me transformado numa Puta, marcou para sempre minha vida sexual. 

Resolvi contar minha historia. Meu nome é Lúcia, tenho 39 anos, casada, 1,65m, 52kg, cabelos médios loiros e olhos mel, na época eu era bem mais nova, tinha uns 21/22 anos já namorava, com o homem que hoje é meu marido, há um ano e havia perdido a virgindade com ele e nunca havia dado para outro homem, e como sempre fui alérgica a pílulas, a gente transava só de camisinha, ele por receio de me engravidar nunca tinha gozado dentro da minha buceta sem ela, e eu sempre tive um tesão de sentir um jato de porra dentro de mim, mas tudo bem não era caso de vida ou morte.

Os Dois comeram minha Esposa sem CAMISINHA

Bem, o que passo a narrar aqui aconteceu inesperadamente outro dia desses. Estávamos eu e Márcia, passeando pelas ruas de londrina a nossa cidade, quando resolvemos ir a um bar aqui mesmo em nossa cidade, um lugar aonde sempre vai muitos universitários e muita gente bonita. Chegando lá encontramos uma amiga dela de muito tempo atrás. Ela me apresentou e em pouco tempo já estávamos conversando. 

Ela era uma loira muito bonita, alta e dona de uns seios que pareciam quererem saltar na cara da gente. A conversa fluía bem gostosa até que chegaram a nossa mesa dois rapazes muito bonitos fortes muito bem aparentados, um deles era amigo da Rose, cumprimentou-a e, lógico, à Márcia, e me cumprimentaram também. 

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Festa de encerramento da esposa


Na empresa de engenharia onde minha esposa trabalha são 2 socios homens, cerca de 10 funcionarios homens e apenas ela e a chefe dela de mulheres, mas isso nunca foi problema pra ela.

Porem na festa de encerramento de 2 anos atrás muita coisa mudou, era a segunda festa que ela ia, porem no ano anterior ela estava a pouco tempo na empresa e ficou pouco a vontade. Neste ano ela antes de sair me disse que curtiria mais, pois ja tinha algumas amizades lá.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...